domingo, 19 de dezembro de 2010

Campeonato Nacional de Pista Coberta de Veteranos 2010/2011 | Crónica

Dois recordes pessoais, um primeiro e um segundo lugar na classificação do escalão M35. Dificilmente poderia pedir mais desta participação no campeonato nacional de pista coberta para veteranos realizado hoje, em Pombal.

As expectativas
Após a meia maratona da Nazaré programei os meus treinos convencido que o Nacional de Pista Coberta seria a meio de Janeiro. Esta antecipação de um mês fez com que quase não tivesse feito treinos específicos para pista. O resultado obtido na milha de torres vedras parecia corroborar isso mesmo, resistência ok, mas défice de velocidade. Os 3:06 feitos aos 1000 metros no teste da semana passada fizeram com que eu estabelecesse como objetivo para esta prova baixar os 4:45 aos 1500 metros. Aos 800m tudo o que fosse melhorar a marca do ano passado (2:20) era ganho.

O alcançado
Estava com receio que o corpo estranhasse a semana de treino que passou. Pela primeira vez fiz três treinos consecutivos, terça, quarta e quinta, e optei por descansar dois dias consecutivo. As boas sensações matinais foram um prenúncio de que fizera uma boa aposta.

Alvorada às 6h30, saída de casa às 8h05 e chegada a Pombal às 9h15. A prova dos 1500m estava marcada para as 11h20 e a Associação Atletismo de Leiria, numa organização irrepreensível cumpriu à risca o calendário.

Fiz a partida habitual, na frente para evitar as confusões iniciais. Após os primeiros 200 metros estabilizei o meu ritmo e deixei-me ir, tentando correr o mais à vontade possível para chegar ao fim e conseguir mudar de velocidade. Quando faltavam duas voltas tive a atitude certa e comecei a forçar como se fosse para última volta numa pista de 400 metros. Nos últimos 100 metros senti que ia ser ultrapassado, mas lá consegui cerrar os dentes e resistir ao ataque por 4 centésimos...no final uma marca que não estava à espera, 4.36,91! Quase menos 10 segundos do que eu apontava.



Da parte da tarde, quatro horas e meia depois dos 1500m, apostei numa tática "suicída" nos 800 metros. Saí a matar tentando seguir o Orlando Santos do NAC até onde desse (fui até aos 300m...). Ainda passei aos 400m em 65 segundos, mas depois a pista começou a subir...ainda assim consegui fazer 2.17,33 o que representou uma melhoria de cerca de 3 segundos face à marca que fizera o ano passado.



***

Resultados oficiais:





Resultados completos aqui

***

4 comentários:

joaquim adelino disse...

Parabéns Nuno foi excelente.
Para quem voltou à pouco tempo e depois de tantos anos ausente que mais se pode pedir?
Abraço.

Eduardo disse...

Parabéns Nuno!
Gostaria de saber como posso o contactar (email) pois tenho algumas dúvidas que gostaria de retirar relativamente ao seu treino.
Obrigado

NS disse...

Viva Eduardo,

Aqui tem o meu e-mail: nuno.b.sebastiao[arroba]gmail.com, mas devo avisá-lo que não tenho qualquer tipo de formação nesta área. Os treinos que aqui vou registando são planeados de forma empírica, e que eu julgo ser a melhor "receita" que se adequa a mim, atendendo às minhas motivações, objetivos e disponibilidade para treinar. Tenho alguma relutância em crer que esta "receita" possa servir outro atleta, ainda assim estou à sua disposição.

Saudações desportivas,
NS

José Xavier disse...

Grande Nuno;

Estás em forma mesmo! Conseguiste excelentes resultados e daí os nossos parabéns.

Um abraço dos Xavier's