sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

3º Ciclo de Treinos - REALIZADO (Sem. 9 & 10)

Sab (27/Dez)
Hora: 17h50' * Cond.Climatéricas: 9ºC c/ chuva
30' c.c. (6v = 26'53'' // média: 4'29'' // 12'49'' + 14'04'')
Banda sonora: O Melhor De Rita Guerra Acústico Ao Vivo
obs: o treino de hoje é um belo exemplo daquilo que não se deve fazer nunca...supostamente tinha planeado um treino curto (6 voltas) com intensidade viva, mas feito parvo comecei a todo o gás (1ª volta = 3'53''). Constatada a estupidez decidi deixar ir a ver até onde é que dava...durou mais uma volta e meia...o mesmo treino com as duas primeiras voltas no fim e até tinha sido um treino interessante...assim foi um treino estragado...

Qui (25/Dez)
Hora: 21h00' * Cond.Climatéricas: 5ºC
45' c.c. (1v = 4'35'' + 7 km + 3'):
7km = 35'51'' // média: 5'07'' // 18'00'' + 17'51''
obs: Hoje decidi variar e abandonar a habitual volta do Parque da Várzea e ir para a estrada aferir com exactidão o ritmo ao km. O resultado obtido (5'07''/km) revela que ainda há um longo caminho a percorrer para que em Novembro a meia possa ser feita em menos de 1h30'...

Ter (23/Dez)
Hora: 22h10' * Cond.Climatéricas: 7ºC
45' c.c. [30' c.c. + 15' fartleck]:
i) 30' c.c. (6v = 29'29'' // média: 4'55'' // 14'30'' + 14'59'')
BPM: [150;160]
ii) 15' fartleck [6 x (1' rap + 1'30'')] (3v = 13'05'')
BPM: aprox. 175
Banda sonora: Sebastian Music Vol.VI

Dom (21/Dez)
Hora: 18h45'
60' c.c. (12 voltas = 55'38'' // média: 4'38'')
3v = 14'10''
6v = 28'11'' (14'01'')
9v = 42'08'' (13'57'')
12v = 55'38'' (13'30'')
BPM: [160;170]

Sex (19/Dez)
Hora: 22h10' * Cond.Climatéricas: 5ºC
30' c.c. (6 voltas = 25'24'' // média: 4'14'' // last lap: 4'07'')
3v = 12'46'' // 6v = 25'24'' (12'38'')
Banda sonora: I Am Oak - Ols Songd
obs: a marca do Bekele caiu ao fim de 25 dias...

Qua (17/Dez)
Hora: 21h45' * Cond.Climatéricas: 12ºC
45' c.c. (9 voltas = 40'22'' // média: 4'29'')
3v = 13'29'' // 6v = 26'51'' (13'22'') // 9v = 40'22'' (13'31'')
BPM: [160;174]
Banda sonora: Feromona - Uma Vida A Direito

Seg (15/Dez)
Hora: 21h50' * Cond.Climatéricas: 10ºC
45' c.c. (9 voltas = 41'39'' // média: 4'38'')
3v = 14'08'' // 6v = 28'01'' (13'53'') // 9v = 41'39'' (13'38'')
BPM: [160;169]
Banda sonora: Silver Jews - Lookout Mountain, Lookout Sea

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

domingo, 21 de dezembro de 2008

LENDAS : SAID AOUITA


O "decatlonista" do meio fundo! O meu primeiro ídolo!
(cheguei a ter cadernos da escola forrados com fotos de atletas, e a deste senhor estava em destaque)

Um dos muitos recordes do mundo que bateu...acompanhado pelo "armário" Sydney Maree.


Background
Born in Kenitra, Morocco, Saïd Aouita dominated middle distance running in the 1980s at all distances between 800 meters and 5000 meters. He still is the only man in history to run 800 m in sub 1:44, 1500 m in sub 3:30, 3000 m in sub 7:30, 5000 m in sub 13:00, and 10000m in sub 27:30. He raced and won against the Olympic champions Joaquim Cruz, Peter Rono, John Ngugi and Alberto Cova over their respective main distances. Between September 1983 and September 1990 he won 115 of his 119 races. The defeats were against world champion Steve Cram over 1500 m, Olympic bronze medalist Alessandro Lambruschini over 3000 m steeplechase, Olympic champions Joaquin Cruz and Paul Ereng over 800 m and world champion Yobes Ondieki over 5000 m.

Career
Aouita's first major international competition was the 1983 World Championships held in Helsinki where he contested the 1500 m. In the final, the pace dawdled for the first 1000 m, tactics that did not suit Aouita, and he was outkicked by the kickers, finishing third. After this experience, Aouita decided to run 5000 m at the Los Angeles Olympics. The 5000 m final was run at a very fast pace set by Antonio Leitão from Portugal, which suited Aouita much better than the tactics used in Helsinki. He stayed behind Leitão and then sprinted past him on the last lap to win.

In the next season, Aouita ran two world records: at first in 5000 m (13:00.40) and then in 1500 m (3:29.46). Aouita's 1500 m world record was remarkable for its slow start. Aouita passed the first 400 m in a mediocre time of 57.0 seconds, at 800 m he was still just under 1:54 min before he accelerated dramatically. These outstanding achievements were preceded by Aouita's most bitter defeat. In a 1500 m race in Nizza Steve Cram became the first man to run under 3:30 minutes. Aouita sprinted the final 100 m of that race in 13.2 s (not the 11.8 that is often quoted; this was for the last 90m!) and nearly caught Cram, but his dream of being the first man under the magic barrier was destroyed. In 1986, Aouita was the overall winner of the IAAF Grand Prix series. In 1987, Aouita broke Steve Cram's 2000 m world record with a time of 4:50.81. Only six days later, he broke his own world record for 5000 m, and in the process became the first man to break 13 minutes, finishing in 12:58.39.

For the World Championships held later that year, Aouita had provisionally entered the 800 m, 1500 m, 5000 m and 10 000 m (probably to keep his opponents guessing), but eventually decided just to contest the 5000 m. In the 5000 m final, John Ngugi from Kenya set a fair pace, but by no means fast. Aouita, always in control of the race, made his move just before the bell, leading a mass sprint for the finish that he won in 13:26.44.

Aouita sought new challenges for himself in the Olympic year of 1988. Instead of staying within the comparative security of 5000 m competition, the distance at which he was the reigning Olympic and World champion, he decided to concentrate his efforts on the shorter distances. At the Seoul Olympics he attempted to try the 800 m/1500 m double. Aouita easily won his heat and semi-final in the 800 m, but had his left leg heavily bandaged to protect a recently sprained hamstring. In the 800 m final, a very fast pace was set to try to nullify Aouita's fast finish. Aouita ran according to his race plan, but in the end he was outkicked by the 800 m specialists and finished third. His bronze medal made him the only man in Olympic history to win medals at both the 800 m and 5000 m. However, the race had aggravated his hamstring injury, and although he qualified for the semi-finals of the 1500 m, he withdrew before they started.

In the next year, Aouita won the World Indoor Championships in 3000 m. Later, he ran his last world record, breaking Henry Rono's record in 3000 m by the time of 7:29.45. Aouita did not compete in the 1990 outdoor season, and when he returned to competition, was unable to recapture the dominance he had imposed during the 1980s. His appearance at the World Championships, in 1991 at Tokyo, was a barely noticed eleventh in the 1500 m. A few days after the 1991 World Championships he won a race in Cologne where he defeated most of the 1500 m elite except the world champion Noureddine Morceli who was absent.

1992 started very promisingly for Aouita as he set a new world indoor record over 3000 m in Athens. However, the IAAF refused to ratify the record for formal reasons. In May Aouita won the Mile at the New York Games and a 1000 m race in Jena. However, due to injury problems he did not participate in the Olympic Games in Barcelona. Further comeback attempts in 1993 and 1995 failed.

in wikipedia

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Fui às compras!


Fui às compras! Após 2 meses a correr com as mesmas calças de fato de treino e sweat shirt achei que era tempo "investir" em material...
: 2 polares
: 1 corta vento reflector
: 1 calças de licra
: 1 calças de fato treino
: 1 calções de licra

...e a grande inovação, que no meu tempo não havia destas coisas..., um relógio-cronómetro com pulsómetro. Agora só falta saber quais os parâmetros adequados para a "zona alvo" dos treinos...

sábado, 13 de dezembro de 2008

3º Ciclo de Treinos

PLANEAMENTO

9ª Semana

Seg : 15/12 : 9 voltas (ritmo: 4'50''/4'55'')

Qua : 17/12 : 9 voltas (ritmo: 4'50''/4'55'')

Sex : 19/12 : 6 voltas (ritmo: 4'25''/4'30'')

Dom : 21/12 : 12 voltas (ritmo: 4'55''/5'00'')

10ª Semana

Ter : 23/12 : 15' c.c. + 15' c.c. fartleck [6 x (1' ráp + 1'30'' trote)] + 5' c.c.

Qui : 25/12 : 9 voltas (ritmo: 4'50''/4'55'')

Sab : 27/12 : 6 voltas (ritmo: 4'25''/4'30'')

11ª Semana

Seg : 29/12 : 9 voltas (ritmo: 4'50''/4'55'')

Qua : 31/12 : 9 voltas (ritmo: 4'50''/4'55'')

Sex : 02/01 : 6 voltas (ritmo: 4'25''/4'30'')

Dom : 04/01 : 12 voltas (ritmo: 4'55''/5'00'')

12ª Semana

Ter : 06/01 : 15' c.c. + 3 x 1 volta (ritmo: 3'50'' / 3'55'') + 5' c.c.

Qui : 08/01 : 9 voltas (ritmo: 4'50''/4'55'')

Sab : 10/01 : 15 voltas (ritmo: 5'00''/5'10'')

domingo, 30 de novembro de 2008

Agora é que ninguém me agarra!

Tal como à 19 anos atrás, os conselhos do mano (pareço o Dionísio e o Domingos a falar) são para ter em conta. Comprei pela primeira vez uns ténis New Balance em nome da "estabilidade". Agora é que ninguém me agarra!

sábado, 29 de novembro de 2008

Entrada no Benfica

Comecei a correr em 1987, aos 13 anos. Após duas tentativas frustradas de me tornar jogador de futebol, as taças e medalhas que o "Turista" exibia todas as semanas foram determinantes para me levar para o atletismo.

Durante dois anos corri no clube desportivo da Petrogal, participando em provas de estrada e corta matos. Mas cedo percebi que queria mais, queria correr na pista! E isso passava por tentar entrar no Sporting (obviamente a primeira escolha face às referências Lopes, Mamede, Castros... enfim, a Escola Moniz Pereira) ou alternativamente no Benfica. Na altura a admissão no Sporting passava por um teste de 1.000 metros num tempo abaixo dos 2'45, e no Benfica abaixo dos 2'50''.

A marca para entrar no Sporting pareceu-me inalcançável pelo que treinei afincadamente para ir fazer testes ao Benfica. O dia D chegou, e a marca obtida às 2 voltas e meia foi...2'51''! Balde de água fria...mas nada estava perdido foi-me dada uma outra oportunidade para daí a um mês. Segunda tentativa e inexplicavelmente fiz pior (2'55'')!

Desiludido e convencido que tinha falhado o meu objectivo, apercebi-me que o Prof. Araújo foi conversar com o Prof. António Campos. Chamaram-me e perguntaram-me se eu tinha feito alguma prova de estrada entre os dois testes. Respondi que sim, que tinha ido à milha de Odivelas e que tinha ficado em 3º lugar nos juvenis. Nuance, os 4º e 5º classificados tinham sido o Renato e o Tavares, atletas do Benfica (e futuros colegas), treinados pelo Prof. Araújo. Graças ao resultado dessa prova fiquei a treinar no Benfica.

Cross de Matos Velhos



Domingo realiza-se a 27ª edição do corta mato dos Matos Velhos. Há 19 edições atrás (1989)corri esta mesma prova pela primeira vez, com a particularidade de ter sido a primeira prova que fiz em representação do «glorioso». Fiquei em 13º lugar [tenho de confirmar...] do escalão de juvenis (terei sido dos melhores juvenis de 1º ano, isto é, nascidos em 1974, o escalão era composto por atletas nascidos entre 73 e 74).

Essa prova teve uma importância significativa para mim. Apesar de já treinar no Benfica à dois meses, foi-me sempre passada a mensagem de que estava à experiência. Acabei por ser o melhor juvenil do Benfica (de referir que o Caetano -claramente nessa altura o melhor juvenil do meio fundo do clube - não correu) o que, de certa forma, me garantiu o direito de permanecer no clube.

domingo, 16 de novembro de 2008

2º Ciclo de Treinos

REALIZADO

5ª Semana

Dom : 16/11 : 45' c.c.
(ritmo referência 5'10''/5'20'' volta da Várzea)

Ter : 18/11 : 30' c.c.
(4 voltas = 18'35'' / média: 4'39'' / last lap: 4'36'' + 12' trote)

Sex : 21/11 : 30' c.c.

6ª Semana

Dom : 23/11 : 50' c.c.

Seg : 24/11 : 30' c.c.
(6 voltas = 27'55'' / média: 4'39'' / last lap: 4'24'' / 14'36'' + 13'19'')
[Aos 10.000m até que era uma marca jeitosa...está decidido o objectivo é bater a marca do Kenenisa Bekele (26'17'')...às 6 voltas... ]

Qua : 26/11 : 30' c.c.
(6 voltas = 27'11'' / média: 4'32'' / last lap: 4'05'' / 14'16'' + 12'55'')

Sex : 28/11 : 40' c.c.

7ª Semana

Dom : 30/11 : 1h05' c.c.
(12 voltas = 1h04'34'' / média: 5'23'')

Ter : 02/12 : 33' c.c.
[12' c.c. + 6 x (35''/40'' rápidos + 2'40''/2'50'' trote) ]
obs: Isto de treinar às 10h da noite (a fazer a digestão) com uma temperatura de 5º tem que se lhe diga. Tinha planeado correr 30' mas com o frio, ao fim de duas voltas já ia a um ritmo que não iria conseguir aguentar até ao fim. Para evitar ficar com a sensação de um treino de porcaria adaptei-o e fiz um fartleck. Acabou por saber-me mesmo bem fazer aquelas repetições de 35'' (seriam 200 metros?) todo "esticado"!

Qui : 04/12 : 40' c.c.

8ª Semana

Dom : 07/12 : 30' c.c. (6 km) + 5' trote
obs: marquei presença na maratona de Lisboa e já posso afirmar, com conhecimento de causa, que a fase dificil na maratona é de facto entre os 35 km e os 40 km, ainda que no meu caso, eu tenha corrido apenas entre os...34 km e os 40 km...eheheh!
Agora a sério, missão cumprida. Propus-me a ir acompanhar o meu mano nos últimos kms da prova e esse papel foi cumprido. Dentro das minhas (actuais) limitações, deu para 6 km e ainda servir de aguadeiro num abastecimento e até de "atador de ténis". A marca que ele obteve (3h31') ficou aquém do seu recorde pessoal (3h29'), mas atendendo ao que ele treinou, terminar já é uma vitória.

Ter : 09/12 : 26' c.c. + 4´trote
(6 voltas = 26'24'' / média: 4'24'' / last lap: 4'11'' / 13'23'' + 13'01'')
obs: típico treino "batata frita"...às 22h também já não restam muitas alternativas. Já só faltam 8 segundos p'ra marca do Bekele, eheheh.

Qui : 11/12 : 45' c.c.
(9 voltas = 44'12'' / média: 4'55'' / 14'34'' + 15'02'' + 14'36'')

Sab : 13/12 : 60' c.c.
(12 voltas = 58'29'' / média: 4'52'')
às 3 voltas: 14'47''
às 6 voltas: 29'31'' (14'44'')
às 9 voltas: 44'08'' (14'37'')
às 12 voltas: 58'29'' (14'21'')
obs: Que bela maneira de acabar este ciclo de treino! Estou espantado com a evolução que registo em apenas 8 semanas de treino. Na 5ª feira tinha ficado satisfeito com o treino, por ter feito 45' a um ritmo abaixo de 5'/volta. Pois hoje, não só fiz as mesmas 9 voltas ao mesmo ritmo (-4 seg.) como ainda acrescentei mais três a um ritmo sempre em crescendo. Impressiona-me ainda mais o facto de há 15 dias, na primeira vez que fiz este treino (12 voltas / 60' c.c.), ter demorado mais 6'!!!

domingo, 19 de outubro de 2008

1º Ciclo de Treinos

REALIZADO
1ª Semana
Dom : 19/10 : 10' c.c.
Ter : 21/10 : 12' c.c.
Qui : 23/10 : 15' c.c.
Sab : 25/10 : 20' c.c.
2ª Semana
Seg : 27/10 : 25' c.c.
Qua : 29/10 : 30' c.c.
Sex : 31/10 : 30' c.c.
3ª Semana
Dom : 02/11 : 30' c.c.
Ter : 04/11 : 20' c.c.
(4'+5'+2'+4'+2'+3' : ritmo alternado vivo/lento)
Qui : 06/11 : 30' c.c.
(ritmo referência : 5'55''/km)
Sab : 08/11 : 40' c.c.
4ª Semana
Seg : 10/11 : 30' c.c.
(6 voltas: 29'00'' / média: 4'50'' / last lap: 4'35'')
Qua : 12/11 : 30' c.c.
(6 voltas: 28'11'' / média: 4'42'' / last lap: 4'26'')
Sab : 15/11 : 13' c.c. + 12' c.c. ritmo vivo (*) + 3' trote
* teste de 3km (objectivo 18') não concluido.
Tempos de referência: 1km - 4'30'' 2km - 9'12'' (4'42'').
Nota: não soube "dosear" o esforço...

Editorial

Em 1992, aos 18 anos, corri a minha primeira (e única) meia maratona em 1h10'18''.

Entretanto já passaram 15 anos desde que deixei de correr, e agora com vinte e dois quilos a mais (84,6 Kg) decidi voltar a correr para contrariar a vida sedentária que levo.

Mas para voltar a correr há que ter um objectivo. Aqui fica expresso. Espero daqui a um ano estar a correr a 10ª edição da Meia-Maratona de Portugal (travessia da ponte Vasco da Gama).

Admitindo que chego lá, aceitam-se apostas quanto à marca que alcancerei.

Entretanto vou deixando aqui registo dos meus (tristes) treinos...