domingo, 28 de novembro de 2010

Cross de Torres Vedras / Corta-Mato Matos Velhos | Crónica

Dez quilómetros num percurso como o do Cross de Torres Vedras põe a nu a minha falta de preparação específica para corta mato (nem o facto do Parque da Várzea ser a minha segunda casa me valeu). As constantes mudanças de tipo de piso, mole na relva e rijo na terra batida, acentuadas pelas curvas em gancho, fizeram com que tivesse dificuldade em gerir o ritmo da prova. Ainda assim fiquei satisfeito com o resultado final (dados garmin: 11,23 km a 3:52/km). Os meus dois objetivos foram atingidos. Terminei a prova...e o Licínio Pimentel não me deu duas voltas de avanço :-)



[classificações aqui]

Fotos da prova (site AMMA) [aqui]

***

4 comentários:

José Xavier disse...

Olá Nuno;

Boa prova, e estavas mesmo a jogar em casa. Certamente foste um dos poucos previlegiados de fazer uma prova desta natureza no local onde treinas.
Vi que o teu andamento foi bom e ao teres conseguido os teus objectivos é muito bom.

Um abraço
dos Xavier's

rustman disse...

Como a foto indica estavas confiante ... no aquecimento... :-)

João Plácido disse...

Bom dia... Que "giro"! estava na net à pesquisa dos resultados da prova de torres vedras e de fotos, quando achei este blog. Está muito interessante o seu blog. Não é muito perceptivel, mas tou nessa foto, aquele rapazinho que tem uma t-shirt amarela da Zona Alta que vai atras eh eh =) Curiosidade: no meu relogio deu 10km 500 metros... Foi giro andar a correr com os topos de gama... =) Abraço e boas corridas =)

NS disse...

Viva João,

Obrigado pelo teu comentário.

Também me parece que o meu garmin terá exagerado na distância...nesse dia o meu garmin indicou um índice de precisão +/- vinte e tal metros (normalmente na Várzea costuma dar cerca de 10 metros), ainda assim os 9600 metros anunciados pela organização estão claramente "curtos"...

Na foto até podias ir atrás...mas no final chegaste à frente :-)

Boas corridas,

NS